2016 ano da Inteligência Artificial, DevOps e Metodologias Ágeis

Eles estão chegando… softwares de Inteligência Artificial tomaram a cena das discussões tecnologias e, quem diria, das econômicas. Os gigantes da indústria de TI já disponibilizam serviços de computação cognitiva, como o Watson da IBM, vários experimentos da Google (incluindo o Allo) e Microsoft. Facebook, Twitter, Pinterest e outros já incorporam funcionalidades de IA. Isso nos leva a acreditar que os Apps para smartphones estão com seus dias contados, sendo substituídos pelos Chatterbot (ou Chatbot), que estabelecem conversas de áudio e texto com as pessoas.

Esqueçam as antigas metodologias de desenvolvimento de software. O negócio é usar as metodologias ágeis de desenvolvimento, como o SCRUM. Com exceção de software para processos de missão crítica, os negócios atuais são mutáveis a cada hora, exigindo reações imediatas para continuar competindo. Um dos resultados é a mudança do paradigma da fase de testes convencionais. Os testes devem ser automatizados e incorporados no processo de desenvolvimento ágil.

Essas mudanças rápidas dos negócios e a frenética adição de novas funcionalidades nos softwares exigem processos automatizados de promoção de software, seguindo o compliance das empresas, e com alta qualidade. Neste contexto o DevOps (integração automatizada dos processos de desenvolvimento e operação) é fundamental para assegurar a qualidade das aplicações, incluindo a alta disponibilidade dos serviços.

Haja pique, adrenalina e resiliência para trabalhar em empresas altamente competitivas. Mas, se não fosse difícil não teria graça.

Foto de perfil de Eduardo Fagundes
Siga-nos

Eduardo Fagundes

Eduardo Fagundes é um empreendedor polivalente, pesquisador e professor de tecnologias emergentes e negócios sustentáveis. Desenvolve projetos de pesquisa e desenvolvimento (P&D) na área de inteligência artificial e automação na Universidade Mackenzie. Professor de estratégias de negócios sustentáveis no MBA da FIAP. Professor dos cursos de pós-graduação de Big Data e Governança de TI da Universidade Mackenzie. Lidera projetos de infraestrutura e governança de Data Centers. Desenvolveu e ministra o curso online e projetos de Cidades Inteligentes. Atua como external advisor em projetos de tecnologias emergentes (ex. IoT e Smart Cities) em consultorias de renome internacional. Como engenheiro, desenvolve projetos de eficiência energética e geração distribuída. Palestrante em congressos nacionais e internacionais. Escreveu o livro “Como Ingressar nos Negócios Digitais” em parceria com o SEBRAE. Foi gerente de TI da Ford Motor Company na América do Sul e CIO da AES Brasil, controladora da AES Eletropaulo e AES Tietê. Desenvolveu projetos na Alemanha, Argentina, Estados Unidos, Índia, Inglaterra e Itália. Fundou três startups.
Foto de perfil de Eduardo Fagundes
Siga-nos
Facebooktwittergoogle_pluslinkedin

Deixe uma resposta