As Fintechs dominarão o mercado financeiro do varejo

Segundo pesquisa da Fintechlab, houve um crescimento de 87% de fintechs no Brasil no último ano. Com serviços simplificados, taxas mais atraentes e agilidade, o mercado cresce e emite sinais claros de transformação do mercado financeiro. Os bancos tradicionais devem se concentrar em contas corporativas e grandes fortunas, deixando o varejo para as Fintechs. O Citibank e o HSBC já começaram a migração, inclusive no Brasil com a venda de suas operações de varejo para o Itaú e Bradesco. Outro mercado que deve crescer no Brasil é o de bancos de investimentos, com a redução dos juros o mercado de ações torna-se mais atraente. Os bancos estão estão investindo em startups, como o Cubo do Itaú, mostrando o alinhando com as novas tendências do mercado financeiro.

Com a evolução de soluções de tecnologia como Machine Learning, Deep Learning e Blockchain, suportando mecanismos anti-fraude, análise de crédito e transferências seguras de dados, associadas com novas moedas digitais, como o Bitcoin, o mercado financeiro será mais ágil, seguro e mais competitivo. os governos terão mais controles sobre lavagens de dinheiro.

Estas mudanças têm impacto direto nos empregos no setor financeiro. Devem ser reduzidas milhares de vagas no setor com perda de funções, como caixas, analistas de crédito, gerentes e de backoffice. Por outro, serão criadas outras vagas, como cientistas de dados, especialistas em inteligência artificial, especialistas em segurança da informação, entre outras. O desafio é a nossa capacidade de formação de mão de obra qualificada para as novas funções e criar novas oportunidades de trabalho para os que deixarem os empregos tradicionais do setor financeiro.

Deixe uma resposta