Smart Grid

O curso apresenta os conceitos, tecnologias e tópicos para desenvolvimento de projetos de Smart-Grid, seus componentes e oportunidades de criação de novos serviços para os clientes. Discute algumas plataformas de Smart-Grid e alternativas de técnicas de operação de redes inteligentes. Aborda a integração do Smart-Grid com os sistemas integrados de gestão das empresas e os aspectos de segurança cibernética.

Categoria

Descrição

Contexto

Conservação de Energia. Eficiência Energética. Go Green. Clean Tech. Smart Grid. Essas buzzwords estão no cotidiano dos executivos das empresas de geração e distribuição de energia. Como concessionárias de serviços públicos, essas empresas estão engajadas na melhoria da sustentabilidade ambiental, expansão da oferta e qualidade dos serviços. Os executivos estão sendo desafiados a projetar novos serviços de utilidade pública e se preparar para mudanças tecnológicas, mesmo desconhecendo a demanda de seus clientes. Um dos desafios é atender a demanda em horários de picos de consumo com fontes de renováveis e distribuídas, de forma eficiente e inteligente. O aumento da geração distribuída traz um impacto significativo sobre as operações de distribuição, ampliando a necessidade de automação rede de distribuição além da subestação. Outro desafio é desenvolver novos serviços para ampliar a receita e o atendimento ao cliente.

Nos últimos 20 anos, as empresas concentraram recursos consideráveis na leitura automática dos medidores para melhorar a precisão, reduzir custos e melhorar a receita com a redução das perdas não técnicas. O foco agora é desenvolver novos serviços para uma medição mais sofisticada, granular e que ajude no achatamento da curva de carga em determinados períodos, proporcionando a melhoria do fator de carga, evitando ou postergando a necessidade de novos investimentos no sistema elétrico. Esses novos serviços criam grandes oportunidades para melhorar a receita, otimizando o uso da energia contratada, e melhorando a prestação de serviços aos clientes. Novos conceitos de distribuição podem ser adotados para introduzir novas fontes de geração de energia com preços diferenciados.

As concessionárias de energia estão desenvolvendo novas estratégias para implementar e suportar uma variedade de novas aplicações que vão além da simples medição. A compreensão dos requisitos dessas iniciativas operacionais leva a necessidade de reestruturar a infraestrutura existente para uma nova infraestrutura de rede mais avançada com um gerenciamento mais eficiente e sofisticada através de dispositivos que criam um Smart-Grid. A nova rede inteligente é composta por dispositivos inteligentes online que permite a supervisão, a avaliação, a análise, o comando e controle em tempo real do sistema de distribuição. A plataforma dessa nova rede deve ser escalável, confiável e aberta para aceitar novas tecnologias de componentes no futuro, a exemplo da rede de comunicação de dados TCP/IP da Internet.

Desta forma, é critico entender as plataformas disponíveis no mercado e selecionar aquela em que o fornecedor tenha compromisso com padrões abertos de mercado, que possua uma visão clara de mercado e capacidade de execução. O desenvolvimento de uma estratégica correta e a seleção de uma plataforma de rede para entregar o Smart Grid é fundamental para a criação de valor ao negócio.

O público alvo são executivos, engenheiros e técnicos especializados do setor elétrico de concessionárias, governo, fornecedores e instituições de pesquisa e comunidade acadêmica.

Programa do Curso

  1. ARQUITETURA E DESIGN DO SMART GRID
    • Redes tradicionais versus Smart Grid
    • Inteligência Computacional
    • Melhorias nos sistemas de potência
    • Comunicação e padrões
    • Visão geral do mercado de Smart Grid
    • Funções e Papeis dos Stakehloders
      • Concessionárias
      • Agências Reguladoras
      • Centros de Pesquisas
      • Fornecedores de equipamentos
    • Métricas de Performance do Smart Grid
    • Funções dos Componentes do Smart Grid
      • Interfaces
      • Armazenamento
      • Subsistema de Transmissão
      • Tecnologias de Monitoração e Controle
      • Subsistema Inteligente de Distribuição
      • Gerenciamento da Demanda
  1. TECNOLOGIAS DE COMUNICAÇÃO E MEDIÇÃO PARA SMART GRID
    • Comunicação e medição
    • Monitoração, PMU, Medidores eletrônicos, Tecnologia de Medição
      • WAMS – Wide Area Monitoring Systems
      • PMU – Phasor Measurement Units
      • Medidores Eletrônicos
      • Smart Appliances
      • Infraestrutura de Medição (AMI – Advanced Metering Infrastructure)
    • GIS e Ferramentas de Mapeamento
    • Comparação entre Microgrid e Smart Grid
  2. FERRAMENTAS DE ANALISE DE PERFORMANCE PARA SMART GRID DESIGN
    • Introdução a Fluxo de Potência
    • Métodos para Estudo de Fluxo de Potência
      • Método de Gauss-Seidal
      • Método de Newton-Raphson
      • Método Iterativo de Gauss
    • Fluxo de Potência para Smart Grid
    • Estudos de Contingência para Smart Grid
  3. FERRAMENTAS DE ANALISE DE ESTABILIDADE PARA SMART GRID
    • Introdução a Estabilidade
    • Pontos fortes e fracos das ferramentas de análise de tensão existentes
    • Avaliação da estabilidade de tensão
      • Estabilidade de tensão e Colapso de tensão
      • Classificação da estabilidade de tensão
      • Estabilidade estática
      • Estabilidade dinâmica
    • Técnicas de avaliação de estabilidade de tensão
    • Análise do fluxo estacionário em estudos de estabilidade de tensão
    • Implantação do plano de estabilidade de tensão
    • Otimizar a restrição de estabilidade através do controle preventivo da estabilidade de tensão
    • Avaliação da estabilidade de ângulo
    • Estimativa de estado
  4. FERRAMENTAS COMPUTACIONAIS PARA SMART GRID DESIGN
    • Introdução às ferramentas computacionais
    • Ferramentas de suporte a decisão (DS)
    • Técnicas de otimização
    • Métodos de otimização clássicos
      • Programação linear
      • Programação não linear
      • Programação inteira
      • Programação dinâmica
      • Programação estocástica
    • Otimização Heurística
      • Redes Neurais e Inteligência Artificial
      • Sistemas Especialistas
    • Técnicas de programação adaptativas
    • Métodos de Pareto
    • Técnicas de otimização hibridas e aplicações para Smart Grid
    • Tecnologia Big Data e Analytics
  5. FERRAMENTAS DE SUPERVISÃO
    • Supervisão da rede de distribuição
    • Supervisão de pontos de seccionamento e manobras
    • Supervisão de transformadores
    • Supervisão de medidores e pontos de entrega
    • Algoritmos de defeito provável
    • Estratégias de operação e atendimento de emergência
  6. ROTEIRO DE DESENVOLVIMENTO DE SMART GRID
    • Barreiras e soluções para o desenvolvimento de Smart Grid
    • Níveis de automação
      • Confiabilidade
      • Estabilidade
      • Despacho econômico
      • Análise de segurança
    • Sistema de automação da geração de energia para Smart Grid no nível da transmissão
      • Diagnóstico de falhas e estabilidade
      • Controle da energia reativa
    • Sistema de automação da distribuição para Smart Grid
      • Controle de tensão/Var
      • Qualidade da energia
      • Reconfiguração da rede
      • Gestão da Demanda
      • Controle da distribuição
    • Smart Grid para usuários finais
  7. ENERGIA RENOVÁVEL E ARMAZENAMENTO
    • Recursos para energia renovável
    • Opções de energia sustentável para Smart Grid
      • Energia solar
      • Tecnologia de energia solar
      • Energia Fotovoltaica
      • Energia eólica
      • Biomassa
      • Pequenas Centrais Hidroelétricas (PCH)
      • Célula de combustível
      • Energia geotérmica
    • Veículos elétricos e híbridos
    • Tecnologia PHEV (plug-in hybrid electric vehicle)
    • Implicações ambientais
    • Tecnologias de armazenagem de energia
  8. INTEROPERABILIDADE, PADRONIZAÇÃO E SEGURANÇA CIBERNÉTICA
    • Interoperabilidade
      • Definições
      • Conceito de Internet of Things
      • Benefícios e desafios da interoperabilidade
      • Modelo de interoperabilidade no ambiente Smart Grid
      • Interoperabilidade da rede do Smart Grid
      • Controle e interoperabilidade da rede elétrica
    • Padronização
    • Segurança Cibernética
      • Visão geral de segurança cibernética
      • Riscos
      • Preocupações de segurança associadas com o AMI (Automated Metering Infrastructure)
      • Mitigação dos riscos de segurança

Carga-horária

40 horas presenciais e 20 horas a distância

 

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Smart Grid”