A aposta da Microsoft na computação quântica

Em sua conferência MSIgnite 2017, a Microsoft mostrou o progresso do seu projeto de computação quântica. A Microsoft está construindo um computador quântico e desenvolvendo ferramentas de programação que deverá integrar o MS Studio. Definitivamente, estamos entrando em uma nova era de computação, onde os atuais computadores serão tão obsoletos quanto os ábacos e réguas de cálculo do passado. Os imensos data centers atuais poderão se tornar elefantes brancos, assim como os prédios das centrais telefônicas analógicas se tornaram depois dos PABX digitais. A Microsoft pode se diferenciar de seus concorrentes, IBM e Google, com um sistema baseado em avanços na topologia para resolver problemas relativos a fidelidade do processamento, intrínsecos a computação quântica. Continue lendo “A aposta da Microsoft na computação quântica”

Empresas perdem oportunidades de crescimento com demissão de pessoal qualificado

Conversei com um profissional altamente qualificado que acabou de perder o emprego. Ele me contou que sua empresa resolveu focar no negócio em que ela é reconhecida no mercado mundial e deixou outras frentes que atuava. Neste movimento, a empresa demitiu mais de 1.000 pessoas, globalmente. Normal, as empresas buscarem seus propósitos iniciais e focarem nos negócios que as tornaram reconhecidas no mercado e razão de seu sucesso. Atuar em diferentes mercados sob uma mesma organização é um grande desafio, principalmente, nos dias atuais com novos entrantes, como a Tesla, que em poucos anos ultrapassou o valor de mercado da Ford e GM. Entretanto, a decisão de demitir funcionários qualificados, que muitas vezes se investiu muito em treinamento, não é a mais inteligente. O ideal seria se as empresas criassem startups, independentes de suas operações, com os mesmos negócios que vinham atuando e alocassem o pessoal nestas novas empresas. Provavelmente, o investimento nas startups seria o mesmo que as custas indenizatórias para demiti-los. Continue lendo “Empresas perdem oportunidades de crescimento com demissão de pessoal qualificado”