RSVP The ReSerVation Protocol (II)

Para obter uma melhor recepção e eliminar o congestionamento, qualquer um dos receptores de um grupo pode enviar uma mensagem de reserva pela árvore para o transmissor. A mensagem é propagada com a utilização do algoritmo de encaminhamento pelo caminho inverso. Em cada hop, o roteador detecta a reserva e guarda a largura de banda necessária. Se a largura de banda disponível não for suficiente, ele reporta a falha. No momento em que a mensagem retorna à origem, a largura de banda já terá sido reservada ao longo de todo o caminho entre o transmissor e o receptor, fazendo a solicitação de reserva ao longo da árvore de amplitude.

Um exemplo desse processo de reserva é mostrado na figura (a). Aqui, o host 3 solicitou um canal ao host 1. Uma vez estabelecido o canal, os pacotes podem fluir do host 1 até o host 3, sem congestionamento. Agora, considere o que acontecerá se, em seguida, o host 3 reservar um canal para o outro transmissor, o host 2, de forma que o usuário possa assistir a dois programas de televisão ao mesmo tempo. Um segundo caminho será reservado, como ilustra a figura (b). Observe que são necessários dois canais distintos entre o host 3 e o roteador E, pois dois fluxos independentes estão sendo transmitidos.

A figura (c ) mostra que o host 5 decide assistir ao programa que está sendo transmitido pelo host 1 e também faz uma reserva. Primeiro, é reservada uma largura de banda dedicada até o roteador H. Entretanto, esse roteador percebe que já está sendo alimentado pelo host 1; sendo assim, como a largura de banda necessária já foi reservada, ele não precisa reservar mais nada. Observe que os hosts 3 e 5 poderiam ter solicitado diferentes volumes de largura de banda (por exemplo, o host 3 tem um aparelho de televisão em preto-e-branco, e assim não deseja as informação sobre cores); portanto, a capacidade reservada deve ser grande o suficiente para satisfazer ao receptor mais voraz.

 

Deixe uma resposta