Protocolos de janela deslizante

Uma janela de transmissão é, para o emissor, o conjunto de quadro que podem ser enviados independentemente de ter recebido suas confirmações. Por exemplo, um emissor com janela tamanho N pode enviar desde o quadro 0 até o quadro N-1 sem que tenha recebido confirmação, no entanto, para enviar o quadro N é necessário que o primeiro quadro enviado (o) seja confirmado. Quando a confirmação ocorre, a janela passa a incluir os quadros numerados de 1 até N, mantendo portanto o tamanho N. Da mesma forma, quando o quadro 1 é confirmado, a janela passa a incluir os quadros de 2 a N+1. Esse fato caracteriza o termo janela deslizante. Normalmente, a numeração de seqüência é calculado sempre módulo M, onde M é o número máximo de seqüência utilizado.

Uma janela de recepção é, para o receptor, o conjunto de quadros recebidos e que não foram entregues ainda para a camada superior. Isso ocorre porque os quadros devem ser entregues ao nível superior na sua ordem de seqüência. Toda vez que um quadro pertencente à janela e que tenha o menor número de seqüência é recebido, o emissor passa-o para o nível superior e desloca a janela para cima de uma unidade.

 

1 comentário em “Protocolos de janela deslizante”

Deixe uma resposta