Asynchronous Transfer Mode (ATM)

O ATM (Asynchronous Transfer Mode) é uma tecnologia de rede tanto para redes locais como para redes geograficamente distribuídas (LANs e WANs) que suporta voz em tempo real, bem como vídeo e dados. A topologia usa comutadores que estabelecem um circuito lógico fim-a-fim que garante a qualidade de serviço na transmissão (QoS). Porém, os circuitos lógicos que são dedicados para telefonia podem utilizar canais lógicos ociosos do ATM. Por exemplo, pode-se utilizar uma largura de banda inativa de um circuito de vídeo conferencia para transferir dados.

O ATM se popularizou como a tecnologia da infra-estrutura básica das operadoras de telecomunicações e grandes corporações, entretanto, nunca se popularizou nas redes locais (LAN). O ATM é altamente escalável e suporta taxas de transmissão de 1.5, 25, 100, 155, 622, 2488 e 9953 Mbps. O ATM é também lento como operar a 9,6 Kbps para a transmissão de dados entre navios em alto mar.

O ATM trabalha transmitindo todo o tráfico numa célula fixa de 53 bytes. Isto permitiu a construção de comutadores muito rápidos, porque é muito mais rápido processar um pacote de tamanho conhecido do que entender o começo e o fim de pacotes com comprimento variáveis. O pequeno pacote do ATM assegura que a voz e vídeo possam ser inseridos no fluxo para transmissão em tempo real.

O ATM trabalha na camada 2 do modelo OSI e tipicamente usa SONET (OC-3, OC-12, etc.) para transmissão e fazer correção de erros da linha.

A habilidade para especificar uma qualidade de serviço (QoS) é uma das mais importantes características do ATM, permitindo a transmissão de voz e vídeo suavemente.  a maioria das características importantes, permitindo transmitir voz e vídeo suavemente.

 

Deixe um comentário