Ondas de infravermelho e milimétricas

 

Slide13Ondas infravermelhas são ondas milimétricas, de altíssima freqüência (invisíveis a olho nú), amplamente utilizadas para comunicação em pequenas distâncias (controles remotos de aparelhos eletrodomésticos utilizam esta tecnologia). Elas são relativamente direcionais, baratas e de baixa complexidade para gerar, transmitir e receber. Porém, sofre de um grande problema: não atravessa meio sólido, sendo limitada a um ambiente. Seu comportamento é mais para ondas de luz do que para ondas de rádio.

Da mesma forma que é uma limitação, o fato de não atravessar meio sólido, as ondas infravermelhas são uma vantagem, isto é, o sistema em um ambiente não interfere com o de outro, se estiverem separados por uma parede. Ainda mais, segurança contra vazamento de sinal é melhor nesta tecnologia do que nas de rádio. Por estas razões, não há necessidade de licença  por parte do governo para operar com sistemas de infravermelho.

Estas propriedades tornam o infravermelho uma alternativa para LANs sem-fio em ambiente interno. Sistemas em um prédio podem ser construídos por segmentos interligados de transmissores e receptores de infravermelho relativamente omnidirecionais, em cada sala.

 

Deixe uma resposta