A Personalidade do Líder

O grande desafio das empresas é contratar líderes eficazes para definir e executar as suas estratégias. Líderes eficazes, como todas as pessoas, possuem uma variedade de temperamentos e habilidades. Essas características definem a forma como os resultados serão atingidos. O traço comum entre eles é a habilidade para fazer as coisas certas.

Um ponto polêmico sobre liderança é se é ou não uma característica nata nas pessoas. Os estudos mostram que liderança é uma disciplina que pode e se deve ser estudada. Algumas pessoas já nascem com esse talento outros precisam desenvolvê-lo através de estudos e, principalmente, praticando. Acredite você pode se tornar um bom líder através do estudo, praticando, aprendendo com os erros e observando o comportamento dos líderes que você admira.

Pergunta:
Quais os líderes do seu relacionamento que você mais admira? Quais são suas características e estilos de liderança? Como essas pessoas usam suas habilidades e temperamentos para terem hábitos eficientes?

Um estilo de liderança que requer atenção é o líder carismático, aquele que pode levar multidões a fazer coisas sem pensar. Talvez você conheça alguém com essa característica, onde a empresa ou departamento é a identidade do líder. Steve Jobs atual CEO da Apple, Jack Welch ex-CEO da GE, Carly Fiorina ex-CEO da HP e Antonio Maciel Neto ex-presidente da Ford América do Sul são exemplos desse tipo de liderança. Alguns levam as organizações ao sucesso outros ao fracasso.

A Apple voltou a brilhar com o sucesso estrondoso do iPod, após o retorno de Jobs. A grande questão é o que acontecerá com a Apple após Jobs sair de cena. A história da Apple mostra que o breve período que ele esteve afastado a empresa passou por momentos difíceis. Os sucessores de Fiorina e Welch, apesar de não demonstrarem o carisma conseguiram manter o crescimento sustentável da GE e HP. O último reverteu à trajetória descente da HP e recuperou a empresa sem nenhuma ação espetacular de marketing pessoal. Aliás, quem o conhece conta que ele prefere sempre atribuir o sucesso aos membros da equipe. Antonio Maciel, depois de deixar a Ford e assumir a presidência da Suzano Papel e Celulose a empresa cresceu 129% após sua chegada.

Outra questão é sobre os estilos de liderança. Não existe um estilo único como podemos observar o importante são os resultados atingidos dentro dos padrões éticos da empresa. Isso é importante entender quando avaliamos os chefes e colegas, principalmente nas avaliações 360° muito comum nas empresas atualmente. Não deixe que o seu entendimento sobre liderança interfira na avaliação. Lembre-se cada um tem seu estilo.

Das Palavras à Ação:
O que você pode fazer para atingir a eficiência na liderança utilizando suas características pessoais e habilidades?

Publicado em 5 de maio de 2008

Deixe uma resposta