Google Cloud Platform São Paulo, menor tempo de resposta e pagamentos em reais

A Google inaugurou em São Paulo, no dia 19 de setembro de 2017, a 13ª região da sua plataforma de Cloud Computing e a primeiro na América do Sul. A nova região traz, pelo menos duas vantagens: a primeira é o pagamento em reais; e, a segunda a redução do tempo de resposta em até 95%, segundo a Google. Para as empresas no Brasil, abre-se novas oportunidades de serviços e novas configurações de infraestrutura para suas operações de TI, como a construção de multicloud, ou Cloud Múltipla, usando diferentes provedores. Cada vez mais fica claro que manter data centers próprios não é uma boa solução para as empresas. Com a nova região da Google, aumentam as possibilidades técnicas, melhora o ambiente de competitividade e, espero, que reduzam os preços dos serviços. Continue lendo “Google Cloud Platform São Paulo, menor tempo de resposta e pagamentos em reais”

A renúncia do CEO da Infosys mostra a força da cultura dos fundadores

A saída de Vishal Sikka da Infosys, uma das principais empresas de tecnologia da Índia com atuação global, mostra o poder dos membros dos conselhos de administração das empresas, principalmente, de seus fundadores. Sikka tentou alavancar os negócios da Infosys para US$20 bilhões até 2020, introduzindo um estilo de gestão americano. Este estilo mostrou-se incompatível com a cultura dos fundadores da empresa, o que acabou forçando a renúncia de Sikka. Este caso mostra a importância do alinhamento das ações dos CEOs com os membros dos conselhos de administração e a compreensão da cultura da empresa. Muitos CEOs são contratados com a missão de transformar a organização para se adaptar e superar desafios do mercado, para garantir a continuidade e crescimento dos negócios. Entretanto, em alguns casos, os fundadores e membros do conselho de administração acabam sendo o principal obstáculo das mudanças. Como superar este desafio? Continue lendo “A renúncia do CEO da Infosys mostra a força da cultura dos fundadores”

Hey Google, call… Ligações gratuitas usando o Google Home

A Google começou a oferecer ligações telefônicas gratuitas para usuários do seu assistente pessoal Google Home. Isto deve acirrar a competição com o Amazon Echo. Existem algumas limitações para as chamadas telefônicas do serviço, por exemplo, estão limitadas apenas nos Estados Unidos e Canadá apenas para números regulares e não aplicável para chamadas internacionais. A Google usa as conexões de Internet e o usuário não é identificado para a pessoa que você está chamando, por enquanto. Isto me fez lembrar dos serviços de Internet gratuita, via ligação telefônica, que tínhamos no Brasil anos atrás. Será que poderíamos criar um modelo de negócio para ligações telefônicas gratuitas no Brasil? Continue lendo “Hey Google, call… Ligações gratuitas usando o Google Home”

Nvidia: um importante player em Inteligência Artificial

A Nvidia Corporation produz unidades de processamento gráfico (GPU) para computadores. Suas placas gráficas GeForce são largamente utilizadas para jogos (games) e aplicações de inteligência artificial. Os “mineradores” de blockchain também utilizam as GPUs da Nvidia. As placas gráficas da série GeForce GTX 10, usando a arquitetura Pascal (os nomes de seus projetos levam o nome de cientistas famosos) têm desempenho de até 3 vezes as placas da geração anterior. A valorização de suas ações experimenta forte crescimento a partir de 2016 e altas consideráveis em 2017. A grande expectativa no mercado é pelo lançamento da nova geração de GPUs, a GPU Volta. Uma leve queda nas ações e a venda de grandes lotes por investidores movimentou o mercado em agosto de 2017, questionando a capacidade da Nvidia de manter o crescimento dos últimos meses. Continue lendo “Nvidia: um importante player em Inteligência Artificial”