Gestão Financeira

Um grande desafio de empresas que operam em diversos países é estabelecer uma gestão eficiente de suas operações financeiras. A globalização, fusões e aquisições, diferentes legislações e regulamentações tornam complexa a gestão financeira e o processamento de informações. Isso implica em mais tempo para o gerenciamento e conflitos com os administradores locais por não aceitar certas idiossincrasias da legislação de seus países. Essa situação tira o foco dos executivos do planejamento estratégico que garante o crescimento sustentado e rentabilidade da empresa.

Um software de gestão financeira permite que as organizações controlem de forma eficaz as operações financeiras do negócio como um todo, incluindo suas subsidiarias em todo o mundo. O software tem a capacidade de coletar, processar, armazenar e oferecer acesso controlado de dentro e fora da empresa de forma padronizada.

Os principais benefícios do software de gestão financeira são:

  • Criar consistência e padronização dos processos financeiros em toda a empresa, incluindo suas subsidiarias;
  • Alinhar as informações financeiras em todos os departamentos, unidades de negócios e escritórios remotos para ter uma visão completa da situação e atividades financeiras da empresa;
  • Construir uma estrutura sólida para garantir à conformidade as leis e regulamentações do país e dos países de suas subsidiarias, entregando relatórios com maior integridade;
  • Descobrir e gerenciar o risco da operação através de melhores controles e auditorias;
  • Identificar e desenvolver novas oportunidades de receita através da análise detalhada das informações financeiras.

Os softwares de gestão financeira oferecem vários recursos para melhorar as operações financeiras das empresas. As principais características são apresentadas a seguir:

  • Procedimento de contabilidade geral. As empresas podem automatizar totalmente ou melhorar a forma de executar, gerenciar e monitorar suas operações de contabilidade (contas a receber, contas a pagar, fluxo de caixa, etc.);
  • Processos financeiros globais. O software permite a gestão financeira eficaz de todas as tarefas associadas às atividades de negócios em todos os locais do mundo, como o controle de múltiplas moedas e conversões e a conformidade com as leis dos países;
  • Previsão. Capacidade de simular situações financeiras para prever receitas e despesas em diferentes cenários econômicos, permitindo desenvolver planos estratégicos e ações de contingência;
  • Rastreamento do fluxo de caixa. A consolidação financeira de todas as unidades de negócios da empresa, incluindo suas subsidiarias em outros países, permite monitorar o fluxo de caixa e suas movimentações entre localidades e divisões da empresa. A transparência dessas informações gera positivo impacto nos mercados onde a empresa opera.
  • Relatórios. O software deve ter a capacidade de gerar relatórios de balanços completos, declaração de lucros e perdas, e outros relatórios exigidos para a conformidade regulamentar. O software deve gerar relatórios de análise a partir de argumentos solicitados pelos analistas financeiros.

O software de gestão financeira serve como um repositório central consolidando todas as informações de negócio em escala global. O software deve ter a capacidade de integração com outros softwares da empresa e ter um sistema robusto de segurança para garantir a integridade e confiabilidade dos dados.

Deixe uma resposta