Open Compute Project

A Fundação Open Compute Project (OCP) é uma comunidade de engenheiros em todo o mundo com a missão de criar e entregar projetos de servidores, sistemas de armazenamento e equipamentos para data centers para a computação escalável.

A proposta é compartilhar abertamente idéias, especificações e outras propriedades intelectual para maximizar a inovação e reduzir a complexidade operacional da computação escalável. A Fundação Open Compute Project fornece uma estrutura na qual os indivíduos e as organizações podem compartilhar a sua propriedade intelectual com Projetos Open Compute.

PRINCÍPIOS

  • As tecnologias por trás dos data center são compreendidos por seus usuários, eles sabem o que eles precisam e querem, e podem inovar; a colaboração entre esses usuários e desenvolvedores de tecnologia é a melhor maneira para criar e desenvolver oportunidades de inovação neste ambiente. Esta comunidade deve fazer grandes planos e sonhar alto.
  • O esforço é para permitir o desenvolvimento mais eficiente da infraestrutura dos data centers, dos servidores, dos sistemas de armazenamento para levar a computação para pessoas com o menor custo e ampla distribuição.
  • Toda a tecnologia da infraestrutura e consumo de energia (renovável e não-renovável) tem impacto ambiental; O objetivo é reduzir o impacto ambiental.
  • Os projetos básicos que surgirem a partir deste projeto devem ser livremente implementado e melhorado por qualquer participante e por todos.
  • Os software e hardware open source servem para democratizar o acesso às melhores tecnologias para data centers. O foco do projeto é em tecnologias abertas com múltiplas fontes.
  • O benefício para a comunidade de participantes (contribuintes, consumidores e fornecedores de tecnologia) é fundamental para acelerar a inovação e maximizar as oportunidades para toda a comunidade Open Compute Project.
  • A interoperabilidade e conformidade são fundamentais para ampliar a eficácia. A colaboração com os organismos de normalização da indústria ajudam a encontrar um equilíbrio entre modularidade e personalização conforme necessário.
  • Transparência dos processos, incluindo comunicações, promove a participação, o respeito, a honestidade e a confiança.

A iniciativa do projeto foi anunciada em abril de 2011 pelo Facebook para compartilhar abertamente projetos de centros de dados de produtos.

A iniciativa saiu de um redesenho do data centers do Facebook em Prineville, Oregon desenvolvido por Frank Frankovsky. Alguns aspectos publicados já foram utilizados no data center de Prineville para melhorar a eficiência energética, seguindo o padrão do The Green Grid.

Os componentes incluem:

  • Hardware para servidores um para processadores Intel e um para AMD. Em 2013, Calxeda contribuiu com um projeto com arquitetura de processadores ARM.
  • Open Vault Storage para a construção de grandes densidade de disco, com 30 unidades em um chassi de 2U Open Rack projetado para facilitar a substituição dos discos. Os discos de 3,5 polegadas são armazenados em duas gavetas, cinco de diâmetro e três de profundidade em cada gaveta, com ligações via Serial Attached SCSI. Outro conceito de design foi contribuído pela Hyve Solutions, uma divisão da Synnex em 2012.
  • Sistema de montagem mecânica: prateleiras com a mesma largura do lado de fora (600 mm) e profundidade e racks de 19 polegadas como padrão, projetados para montar chassis mais largos, com uma largura 537 milímetros. Isto permite encaixar mais equipamentos no mesmo espaço e melhora o fluxo de ar. Tamanhos de chassis de computação são definidos em múltiplos de um OpenU, que é de 48 mm, um pouco maior do que a típica unidade de bastidor.
  • Os projetos de data center com eficiência energética, incluem a distribuição de energia de 277 VAC que elimina uma transformação de energia em data centers típicos. Uma única tensão (12,5 VDC) de alimentação projetado para trabalhar com 277 VAC de entrada e de backup de bateria 48 VDC.
  • Em 8 de maio de 2013, um esforço para definir um padrão aberto de switch de rede foi anunciada. O plano era permitir que o Facebook carregasse o seu próprio sistema operacional na switch.

Um projeto semelhante de switch personalizada para a plataforma do Google deve usar um protocolo OpenFlow.

Essas iniciativas dos grandes data centers e apoiadas por parte dos fornecedores deve reduzir os preços dos equipamentos e tornar a operação dos data center menos onerosa.

Em Janeiro de 2014 a comunidade OCP contava com 150 membros oficiais, incluindo  Bloomberg, Box, Cumulus Networks, IBM, IO, LSI, Microsoft e Yandex.

Precisamos saber como os grandes fornecedores de equipamentos para redes irão se adaptar a esse novo cenário tecnológico.

1 comentário em “Open Compute Project”

  1. A Intel já possui placas-mãe projetadas para o OCP. Elas são otimizadas para redução do consumo de energia. Muitos recursos encontrados em placas-mãe tradicionais foram retirados do projeto para reduzir seu custo. A placa-mãe da Intel v1.0 é soquete dual para Intel Xeon ® 5500 ou Intel Xeon ® 5600 com 18 slots DIMM.

Deixe uma resposta