Modelo para desenvolvimento de projetos de IA com inovação aberta

Criamos um modelo para desenvolver projetos de inteligência artificial e outras tecnologias emergentes, com as seguintes vantagens:

  • Redução do investimento inicial;
  • Mitigação de riscos;
  • Foco no que é importante para a empresa;
  • Utilização de recursos externos para avaliar a viabilidade do projeto;
  • Acesso a professores e pesquisadores nas Universidades;
  • Identificação alunos talentos para a contratação pela empresa;
  • Permite uma experiência acadêmica no desenvolvimento de projetos para os funcionários;
  • Introdução de inovação aberta no estilo de startup; e,
  • Melhoria nas especificações dos projetos.

O modelo reúne profissionais experientes, professores, pesquisadores, alunos e especialistas de empresas de software e consultoria.

O modelo envolve três partes:

  1. Workshop com minicurso para identificar potenciais projetos de IA que agreguem valor a organização;
  2. Prova de Conceito realizado por professores, pesquisadores e alunos de Universidades para avaliar os potenciais benefícios, nível de esforço de desenvolvimento, especificação detalhada e estimativa de custo do projeto;
  3. Desenvolvimento do projeto por equipe interna ou empresa de software e consultoria do mercado.

A aplicação de um workshop estruturado, orientado para projetos de IA conduzido por um experiente profissional permite que em pouco tempo seja identificado oportunidades para alavancar negócios na empresa.

Uma prova de conceito realizada por uma equipe de pesquisadores e professores de IA agiliza os resultados, adiciona inovação aberta a solução e identifica o esforço necessário para o desenvolvimento do produto. O investimento na prova de conceito pode ser receber incentivos fiscais e reduzir ainda mais o custo do projeto. Ainda, é um fator positivo para a empresa apoiar as Universidades e ajudar na formação de alunos, que podem ser contratados durante ou após o projeto.

Durante a prova de conceito, especialistas da empresa podem compor o grupo de pesquisa, tendo acesso a treinamentos e a infraestrutura acadêmica da Universidade. 

As empresas de software e consultoria possuem experiência e estrutura de pessoal e metodologia de desenvolvimento para desenvolver software em larga escala em tempo reduzido, a partir de boas especificações de produto.

O modelo é escalável por permitir a participação de várias Universidades e empresas de desenvolvimento de software.


JUSTIFICATIVA PARA CONTRATAR O SERVIÇO

Como parte da iniciativa de transformação digital da empresa, recomendamos a criação de um programa de P&D (pesquisa e desenvolvimento) para identificar projetos, realizar provas de conceito e desenvolver aqueles que criem valor para a empresa e solidifique o caminho para novos produtos e modelos de negócio, baseados em tecnologia.

O programa, composto por vários projetos, propõe a utilização de um modelo de desenvolvimento de projetos que envolva grupos de pesquisa de Universidades, equipes internas e contratação de empresas externas.

O modelo prevê a realização de workshops para a identificação de projetos inovadores e disruptivos com o uso de soluções de inteligência artificial e outras tecnologias emergentes, conduzido por especialistas para acelerar os resultados e treinar o pessoal interno na condução de workshops e novas tecnologias.

Após seleção dos projetos, com base no potencial retorno do investimento, aumento de produtividade e criação de valor para a empresa, será estabelecido um convênio com um grupo de pesquisa de uma Universidade para a realização de uma prova de conceito do projeto, seus resultados e esforço necessário para o desenvolvimento final. O grupo de pesquisa, formado por pesquisadores, professores, alunos e pessoal interno, analisará várias soluções de tecnologia e algoritmos de inteligência artificial para definir a melhor especificação do projeto. O resultado indicará a viabilidade técnica/econômica do projeto.

A participação de grupos de pesquisa nos projetos corporativos, além de acelerar o desenvolvimento usando novas tecnologias, oferece ao pessoal interno a oportunidade de participar do desenvolvimento de um projeto com uma visão acadêmica e permite conhecer e contratar de alunos talentosos para a empresa.

Outra vantagem de uso de grupos de pesquisa é a possibilidade de obter incentivos fiscais previstos em Lei para estímulo ao desenvolvimento científico, à pesquisa, à capacitação científica e tecnológica e à inovação. A Lei 1.196/05, concede incentivos fiscais às empresas que investem em pesquisa e desenvolvimento voltados à inovação tecnológica.

A etapa seguinte do modelo é o desenvolvimento do produto, dentro dos critérios estabelecidos e exigidos pela empresa, com equipes internas ou usando empresas externas. Como o resultado da prova de conceito foi possível o detalhamento das especificações técnicas do projeto, o desenvolvimento da solução será simplificado, reduzindo tempo e investimento.

Este modelo não se limita a projetos de inteligência artificial e tecnologias emergentes, ele pode ser utilizado por outras áreas da empresa.


Entre em contato e conheça mais sobre o modelo.