A importância do planejamento de longo prazo

O planejamento de longo prazo define as ações de curto prazo. Mesmo que para alguns possa parecer futurologia é importante ter uma direção. A análise de dados é fundamental para identificar tendências.  A partir de informações históricas e pesquisas define-se o planejamento. O curioso é que a maioria das informações que precisamos para o planejamento está disponível na própria empresa. Com a Internet temos acesso a estatísticas governamentais, institutos de pesquisa e de jornais que mostram gráficos históricos, muitas delas de forma gratuita. Algumas vezes falta disposição para analisa-las, isso porque mais de 90% do nosso tempo utilizamos para tarefas operacionais.

Vamos pegar um exemplo de planejamento da China. Os chineses estão investindo em infraestrutura de transporte de safra e fazendo parcerias diretamente com agricultores no Brasil. Isso deve garantir no futuro preços baixos de algumas commodities para alimentar os mais de 400 milhões de pessoas que estarão nas cidades chineses. Com as mudanças climáticas, provavelmente, algumas commodities aumentarão de preço devido a sua escassez e aumento da população global. Com isso, a China poderia perder sua competitividade internacional. Como o Brasil carece de infraestrutura de escoamento da safra, eles estão resolvendo o problema com investimento em infraestrutura no nosso país, para a nossa sorte. Fazendo acordos individuais com os agricultores neutraliza quaisquer ações do governo em pleitos de equilíbrio do comércio bilateral. Para alguns agricultores com visão de curto prazo isso pode parecer um grande negócio. No longo prazo, com o aumento do preço das commodities internacionais eles estarão presos aos contratos negociados que limitarão o preço.

Como na estória da formiguinha e da cigarra, quem leva a melhor é quem planeja e se antecipa as mudanças.

Foto de perfil de Eduardo Fagundes
Siga-nos

Eduardo Fagundes

Eduardo Fagundes é um empreendedor polivalente. Desenvolve projetos de P&D nas áreas de Big Data, Analytics, IoT e Inteligência Artificial para o setor de energia na Universidade Mackenzie (SP). Professor de Engenharia de Software no pós-graduação em Governança de TI da Universidade Mackenzie (SP), e de Estratégias de Negócios Sustentáveis no MBA da FIAP (SP). Desenvolveu e é tutor do curso online sobre Cidades Sustentáveis baseado na ISO 37.120, e coordena o fórum virtual sobre Cidades Inteligentes. Desenvolve projetos de eficiência energética e energia sustentável. Produz cursos online, aplica workshops de ideação, mentoring sobre tecnologias sustentáveis e projetos de inovação sustentável baseados no GRI (Global Reporting Initiative). Desenvolveu projetos na Alemanha, Argentina, Estados Unidos, Índia, Inglaterra e Itália. Fundou três startups.
Foto de perfil de Eduardo Fagundes
Siga-nos
Facebooktwittergoogle_pluslinkedin

Deixe uma resposta