Sigfox uma plataforma para IoT

A Sigfox é uma empresa francesa fundada em 2009 com foco na construção de redes sem fio para conectar objetos de baixo consumo de energia, como dispositivos de IoT, que necessitam estar continuamente conectados e transmitindo pequenos pacotes de dados. A tecnologia de transmissão usa a banda de rádio ISM (industrial, cientifica e médica) de 868MHz na Europa e 902MHz nos Estados Unidos e América do Latina, denominada “rede de área ampla de baixa potência (LPWAN – Low Power Wide Area). Os sinais de rádio ultrapassam objetos sólidos, conhecida como “banda ultra estreita” e requer pouca energia. Usando topologia em estrela, transmite os pacotes para mais de um ponto. Uma característica importante é sua facilidade de cobrir grandes áreas e alcançar objetos subterrâneos. A rede Sigfox foi lançada, oficialmente, no Brasil em setembro de 2017 através da empresa WND Brasil.

Rede Sigfox
Arquitetura da rede Sigfox

Os desafios dos sistemas IoT é compatibilizar custo de telecomunicações, infraestrutura para suportar milhões ou até bilhões de dispositivos remotos, duração das baterias dos dispositivos remotos e segurança dos dados transmitidos. A rede Sigfox foi projetada para atender os requisitos deste tipo de rede.

No início das operações no Brasil, a cobertura da rede Sigfox está limitada as principais capitais do país, inibindo serviços que exigem monitoração entre uma cidade e outra. Obviamente, o desafio é grande no Brasil devido suas características continentais e diferentes ambientes de negócios regionais. Entretanto, é um fator que deve ser considerado para aplicações de logística e rastreamento de produtos.

A arquitetura da rede Sigfox concentra os dados coletados em servidores próprios e oferece suporte de APIs (Application Program Interface) e outras formas de conexão para aplicações consumirem os dados coletados dos dispositivos remotos. Isto significa utilizar um sistema proprietário para as aplicações de difícil migração no futuro para outras tecnologias.

Sem dúvida, existem várias aplicações para a rede Sigfox no Brasil. O desafio será conseguir a adesão de grandes empresas com suas aplicações de IoT que possam “forçar” seus clientes e fornecedores a usar a rede Sigfox. A velocidade de adoção é fundamental para evitar que outras tecnologias possam ameaçar seu crescimento no Brasil.

Deixe uma resposta