Pular para o conteúdo

Você está pronto para o CAM3S? Cloud, Analytics, Mobile, Social, Security, Sustainability

Atualmente, é impossível desassociar essas seis temas. Falar sobre computação na nuvem sem falar sobre aplicações móveis, redes sociais e Internet of Things e, por consequência, associar com Big Data para análises complexas de grandes volumes de dados e segurança não faz sentido. Quaisquer combinações de temas sempre estarão associadas. Misturando tudo isso, temos que avaliar os impactos na sociedade e no meio ambiente. Os computadores de todos os tipos consumem 1,5% da energia do planeta e emitem 2% dos gases do efeito estufa que agride o meio ambiente.

Como considerar as outras tecnologias como Big Data e Analytics sem considerar Cloud Computing, mesmo que a estrutura de TI da empresa seja grande? Como implantar soluções envolvendo mídias sociais sem considerar a adoção de dispositivos remotos usando Internet of Things? Como proteger as informações dos clientes, fornecedores e da empresa sem a adoção de ferramentas e novos modelos de segurança da informação? Como gerenciar todo isso e atingir os objetivos de redução de CO2 da empresa? Como avaliar os impactos de custos dos serviços de TI nos produtos e processos nas empresas sem utilizar o custeio ABC? Como ajudar a desenvolver novos atributos de produtos sem considerar o CAM3S?

Parece que não têm saída, as decisões empresariais devem considerar essas seis temas e suas tecnologias para garantir a sua competitividade no mercado. Essa responsabilidade não é apenas do CIO (se é que no futuro teremos um CIO como o perfil atual), as responsabilidades deverão ser compartilhadas.

Talvez, a área de produto venha ser a responsável pelas aplicações móveis e dispositivos remotos e a atual TI seja responsável apenas pelos gateways de conexão com os sistemas corporativos e infraestrutura de Big Data e Analytics.

Todos os grandes fornecedores de software estão migrando suas soluções para a nuvem. Chegará um momento que não será mais competitivo manter soluções on-premise (processamento local) e sistemas legados. Os custos de manter essas infraestruturas impactarão, diretamente, nos preços dos produtos e serviços e na margem de lucro, pressionando os gestores a adotarem soluções em nuvem.

Monitorar e neutralizar novos entrantes no mercado só com novas ferramentas e modelos analíticos baseados em Big Data a partir de avaliações do comportamento dos consumidores através de aplicações móveis e acompanhamento das redes sociais.

Não existirão mais produtos off-grid, todos os produtos estarão conectados na Internet para coletar informações do ambiente através de sensores remotos para uso em aplicativos móveis, como smartphones e relógios inteligentes, passando por ferramentas analíticas em tempo real.

Não enxergar esse movimento é colocar em risco a própria continuidade de negócios da empresa. Por maior que seja a empresa e sucesso que esteja fazendo no momento isso não assegurará seu sucesso no futuro se não se reinventar constantemente. A Kodak que o diga.