Temos que considerar os serviços de inteligência artificial nas nossas aplicações

A Google anunciou a oferta ao público de sua tecnologia de inteligência artificial (IA) baseada em código aberto TensorFlow, o software que impulsiona suas redes neurais. A IBM já oferece como serviços sua solução em nuvem de computação cognitiva, o Watson. A Facebook, Twitter e Microsoft têm feito grandes avanços nesse campo. Essa será a nova transformação do mercado de tecnologia da informação.

Dentro da Google esses sistemas de inteligência artificial identificam fotos, reconhecem comandos de voz em telefones Android e melhoram, significativamente, o seu motor de busca.

Os serviços de IA são acessíveis através de API (Application Program Interface) e podem são integrados a qualquer software para aplicações especificas. Esse movimento faz parte de uma profunda mudança nos sistemas de apoio a negócios, permitindo que as máquinas possam aprender tarefas através da análise de grandes quantidades de dados.

Para os grandes players do mercado de Cloud Computing, que preveem um mercado de US$191 bilhões em 2020, serviços de IA serão chaves para o crescimento e posicionamento no mercado. A maior, a Amazon tem uma receita anual de US$9,6 bilhões com serviços na nuvem, enquanto a Google tem um faturamento estimado de US$500 milhões, nessa área. Entretanto, a Google, que tem a maior rede de computadores privados do mundo para suportar seus produtos de rede, deve atacar agressivamente a Amazon. A previsão é que em 2020, os negócios na nuvem podem ultrapassar as receitas de publicidade da Google, hoje a maior empresa de publicidade do mundo.

Para nossa sorte, podemos utilizar toda essa tecnologia através de APIs em nossos programas e criar soluções com IA para os nossos negócios. IA é uma tecnologia que supera as análises avançadas de dados de software baseadas em Big Data (imagino que você já aposentou seus caros softwares de BI), pois eles têm a capacidade de aprender a partir da análise em tempo real dos dados. As tomadas de decisão serão baseadas em análises preditivas em tempo real muito superiores as análises estatísticas descritivas.

As cartas estão na mesa, quem for esperto garantirá um lugar no futuro.

Deixe uma resposta