Investimentos em Projetos de Sustentabilidade Ambiental trazem retorno?

Sim, trazem um enorme retorno se a empresa soube aproveitar as oportunidades de melhoria. Os principais retornos são na imagem da empresa na comunidade e a redução de custos nos seus processos produtivos e logísticos. Na onda da economia verde o consumidor está atento às iniciativas empresariais de sustentabilidade e tendem a preferir produtos de empresas com responsabilidade social e ambiental. Isso dispara um evento em cadeia. As empresas que adotam práticas de sustentabilidade ambiental exigem que seus fornecedores façam o mesmo. Isso acaba atingindo todos os níveis da cadeia de produção, incluindo as empresas de logística de distribuição. Os investidores também estão atentos e preferem investir em empresas que adotem práticas ambientais. Tamanho é impacto dessas iniciativas que a Bovespa criou o índice de sustentabilidade empresarial para monitorar o desempenho das empresas com iniciativas ambientais.

A segunda grande vantagem é a redução de custos da operação. A partir do momento que as empresas começam a monitorar seus ativos ambientais tais como energia, água, papel e outros insumos específicos é possível identificar oportunidades de melhorias de processos. Essas melhorias reduzem os custos operacionais, reduz a geração de resíduos e a emissão de gases de efeito estufa (GEE).

Muitas empresas estão tomando a iniciativa de responder os questionários do Carbon Disclosure Project (CDP) e do Global Reporting Initiative (GRI). O CDP é um projeto independente sem fins lucrativos que mantem uma base de dados com informações das corporações sobre suas emissões de gases de efeito estufa, uso da água e estratégias de mudanças climáticas. O GRI produz relevantes relatórios de sustentabilidade, também conhecidos como relatórios da pegada ecológica, relatórios Triple Bottom Line e relatórios de responsabilidade social.

Muitas empresas, principalmente europeias e americanas, apresentam seus resultados baseados no “Triple bottom line”, ou People, Planet, Profit. Ou seja, seus resultados em termos sociais, ambientais e econômicos. Por enquanto, são medições de caráter voluntário, mas que certamente no futuro serão métricas para avaliar novos investimentos e valor das empresas.

Todas essas iniciativas definem roteiros para as empresas buscarem métodos e técnicas eficientes para uma operação mais eficiente reduzindo os impactos ambientes.

Resumindo, investimentos em projetos ambientais trazem enormes resultados financeiros no curto e longo prazo além de ajudar na melhoria de vida das pessoas, do meio ambiente.

Deixe uma resposta