empreendedorismo

O vetor futuro na avaliação de desempenho

Como seria a KFC hoje se tivesse investido na carreira de Jack Ma? O fato é que a KFC continua vendendo frango e Jack Ma, fundador do Alibaba, é o homem mais rico da China.

O principal equivoco dos processos de avaliação atuais é que apenas oferecem feedback para enquadrar os funcionários aos padrões de comportamento e cultura da empresa, e alinhar o perfil técnico as características dos cargos que ocupam, previamente definidos. As empresas que fazem isso com excelência operacional estão fadadas ao fracasso, no longo prazo.

Os processos de desempenho devem considerar o Vetor Futuro na avaliação dos funcionários. O Vetor Futuro avalia o potencial do funcionário na transformação dos negócios da empresa para enfrentar os desafios futuros e novos mercados. Isso inclui conhecer sua visão de futuro, as atividades que está desenvolvendo fora do trabalho (cursos, startups, serviços voluntários, hobbies, etc.) e sua influência nas redes sociais públicas e internas (físicas e virtuais).Continue a ler »O vetor futuro na avaliação de desempenho

Não matem os consumidores

Está difícil entender o cenário social, político e econômico mundial. Existem muitas previsões, mas uma decisão de um governante ou a mobilização de milhares de pessoas pode alterar um cenário prospectivo linear. Impossível analisar apenas o cenário local, pois ele está fortemente interligado com os movimentos internacionais. Por outro lado, temos que assumir o controle da situação. Isso começa com a transformação do nosso negócio para adequá-lo à nova realidade econômica e comportamento dos consumidores.  Sugiro nesse artigo duas propostas: alugar ao invés de vender e promover o empreendedorismo.

Continue a ler »Não matem os consumidores